Aeroporto de Beja não levanta voo

Segundo uma notícia publicada na edição do passado dia 12 de Outubro no diário Público, o Aeroporto de Beja registou um tráfego de cerca de apenas 800 passageiros desde que foi inaugurado no dia 22 do passado Maio.

O aeroporto alentejano significou um investimento de 33 milhões de Euros e era visto como uma infraestrutura estratégica para o desenvolvimento daquela região. Infelizmente, as poucas estruturas turísticas existentes no Alentejo, a par de uma fraca divulgação internacional da região como destino, fazem com que o objectivo de receber 1 milhão de passageiros em 2015 seja agora visto como muito difícil de alcançar.

Até agora o novo aeroporto de Beja recebeu apenas voos vindos de Londres, Heathrow, através de uma operação de charters da responsabilidade do operador turístico inglês Sunvil Discovery que, entretanto, já demonstrou interesse em voltar em 2012 e com um período de voos mais alargado.

Por outro lado, a ANA, concessionária do aeroporto, conseguiu recentemente a concretização de uma nova operação de charters, desta feita com partida de Estugarda, Alemanha. Esta nova janela de oportunidade surge na sequência do acordo estabelecido com o Grupo Vila Vita/Herdade dos Grous e significa uma série de oito voos, entre Outubro e Novembro deste ano, a cargo das companhias aéreas Air Berlin e Adria Airways com aviões Boeing 737-700, Airbus 319 e Airbus 320. Prevê-se uma ocupação média por voo de cerca de 150 passageiros, o que no total poderá significar que vão passar por Beja mais 1200 passageiros até ao final de 2011.

O tráfego aéreo regular de e para o Aeroporto de Beja é ainda uma miragem e muito dificilmente este poderá vir a ser, pelo menos a breve trecho, mais uma opção para os viajantes.

Comentar