Florença, a mais bela do mundo

Florença é a capital da região italiana da Toscana. Situada nas margens do rio Arno é considerada, justamente, uma das cidades mais belas do mundo. Berço do Renascimento, Florença foi classificada pela UNESCO como património artístico-cultural da humanidade.

Cidade natal de Dante, autor da “Divina Comédia” e da família Medici, governadora e mecenas da cidade, Florença é o cenário de grandes obras renascentistas assinadas por artistas como Leonardo da Vinci, Botticelli ou Donatello, entre muitos outros.

A Piazza del Duomo é o centro da cidade de Florença e acolhe no seu interior vários edifícios com conotação religiosa. O mais imponente, dominando a paisagem, é a Basílica de Santa Maria del Fiore, de Brunelleschi, onde poderá desfrutar dos frescos do Julgamento Final, de Vasari.

Uma das igrejas mais ricas de cidade florentina é a de São Lourenço mandada construir por Cosme Medici, a obra foi encomendada também a Filippo Brunelleschi, um dos maiores arquitectos desta época. Os púlpitos de bronze têm a assinatura de Donatelo e os frescos de Bronzino. Na Santa Croce, igreja gótica, encontram-se sepultados insignes senhores de Florença, nomeadamente Galileu e Miguel Ângelo.

Patrocinada também pelo duque Cosmo de Medici, a Galleria degli Uffizi, em português, Galeria dos Ofícios, é um palácio, construído em 1560, que acolhe um dos mais famosos museus de arte a nível mundial. Aqui estão expostos objectos e obras de arte da família Medici, entre eles obras notáveis como O Nascimento de Vénus, de Boticelli.

Se não abdicar das compras nas suas viagens, em Florença não se pode esquecer de passar pelas joalharias da Ponte Vecchio. Na Via Maggio vai encontrar todo o tipo de antiguidades e pequenas relíquias e os mercados de São Lourenço e de Santa Croce são os melhores para comprar produtos a preços mais baixos.

Nem só de arte e história vive Florença. A cidade oferece inúmeros clubes e discotecas, quase todos situados nas imediações do Duomo. O Antico Caffé do Moro ou o Jazz Club, por exemplo, prometem uma noite animada. Durante o inverno aproveite para patinar sobre o gelo perto da igreja de Santa Croce ou Marcano. No final de tarde, sinta-se um verdadeiro florentino e tome um café num dos muitos cafés da cidade: Café Le Giubbe Rosse, Café Rivoire ou Café Pitti são, entre outras opções, três magníficos exemplos.

Circular na cidade, desde a inauguração da Tramvia de Florença, em 2010, passou a ser mais fácil e económico. Não terá problemas de maior em mover-se dentro da cidade. Caso este meio de transporte seja incompatível com a sua rota, pode optar por alugar um táxi, usar os autocarros de linha ou, simplesmente, passear a pé para descobrir verdadeiramente a cidade de Florença.

Viajar a Florença?

Antes de mais nada, veja estas magníficas ofertas e estes fantásticos preços. Se preferir, procure um hotel em Florença com o nosso sistema de pesquisa e reservas.

Comentar