Greve geral paraliza aeroportos portugueses

A greve geral marcada para o dia 24 de Novembro irá afectar de forma intensa a actividade nos aeroportos portugueses. A ANA tem apelado aos passageiros que têm voos marcados para esse dia para confirmar, junto das agências de viagem ou das próprias transportadoras aéreas, se o mesmo se realiza ou não de forma a evitar complicações de maior nos aeroportos.

Segundo algumas notícias vinda a público nas últimas horas, a actividade nos aeroportos e no espaço aéreo nacional poderá mesmo chegar a parar quase por completo, existindo apenas a possibilidade de ser realizarem alguns voos entre o continente e as ilhas.

As companhias aéreas lowcost Ryanair e easJet, por exemplo, já cancelaram cerca de 100 voos, com partida de ou chegada a Portugal, devido à greve geral.

Recorde-se que a greve do próximo dia 24 foi marcada pelas centrais sindicais após o Governo ter anunciado novas e mais severas medidas de austeridade, nomeadamente o corte dos subsídios de férias e de Natal dos funcionários públicos e o aumento do horário de trabalho no sector privado.

Comentar