Madrid, a cidade com movida

Madrid é a capital de Espanha e uma cidade com mais de 600 km² e uma população superior a 3 milhões de habitantes. Mas é no centro, um coração que palpita de vida,  que estão os seus maiores encantos.

Madrid tem história, tem cultura, tem força económica e tem, sobretudo, a famosa movida madrilena, a expressão usada para definir a agitada vida nocturna da cidade.

A apenas 1 hora de distância em avião, Madrid é um destino perfeito para um fim-de-semana ou para umas férias curtas e dada a proximidade geográfica (sensivelmente 600 Km quer se parta de Lisboa ou do Porto) , pode inclusive optar pela possibilidade de viajar até lá de automóvel.

Lá chegados, o ideal será tentar ficar alojados na zona da Gran Via, uma das principais artérias da cidade e a partir da qual pode aceder, a pé ou em metro, a muitos locais de interesse. Por ser uma zona nobre e muito central, os hotéis tendam a ser um pouco mais caros, mas o investimento vale a pena pelo descanso que pode significar. Por outro lado, caso o orçamento não permita mesmo grandes luxos, sempre pode optar por uma das muitas pensões e residenciais que existem na zona.

Se a sua viagem a Madrid tem objectivos culturais, então vai ter, obrigatoriamente, que visitar os seus três principais museus. O Museu del Prado apresenta uma das colecções de pintura mais completa e complexa do mundo. O destaque vai, obviamente, para as obras de autores espanhóis, mas poderá encontra um rico e vasto conjunto de trabalhos representativos das escolas francesa, flamenga, alemã e italiana.

Por outro lado, o Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia é o local indicado para os amantes da arte contemporânea. O seu acervo faz dele um dos melhores e mais importantes museus da Europa com arte do século XX e conta com trabalhos de, entre muitos outros, Pablo Picasso (o famoso Guernica está aqui) e Joan Miró.

Ainda no campo dos museus, é também aconselhável que visite o Museo Thyssen-Bornemisza. A sua colecção tem por base os trabalhos que a família que lhe dá o nome recolheu ao longo de décadas e nele podemos ver obras que vão desde o Renascimento até à Pop Art.

Para quem gosta de passear pela ruas e sentir a vida de uma grande cidade, Madrid é o local ideal. Começando na Gran Via, caminhamos em direcção à Puerta del Sol, percorrendo todas as ruas, cheias de lojas das mais variadas marcas, que nela desembocam. Procure também ir em direcção à Plaza Mayor e aproveite para tomar uma caña e umas tapas nas inúmeras esplanadas ali instaladas. Invista também algum tempo para conhecer a zona da ópera, onde está o Teatro Real e de onde pode aceder directamente à Plaza de Oriente.

Indispensável também é a passagem pelo Parque do Retiro,um dos principais pulmões da cidade, bem como pela zona da Cibeles e da fonte de Neptuno.

E claro a noite. Madrid não dorme, ou pelo menos, dorme pouco. Encontra-se sempre gente a circular a qualquer da madrugada e o tráfego automóvel, sobretudo de táxis, é de tal forma intenso que parece que é de dia. Um pouco por toda a cidade é possível encontrar locais de diversão. As discotecas e os bares com música ao vivo são às centenas e podemos seleccionar o tipo de ambiente que desejamos, desde os ritmos quentes da salsa, passando pelo inevitável flamenco, pelo dance ou pelo chill-out. Também o teatro e os musicais marcam uma forte presença na noite madrilena.

Para entrar em Espanha, enquanto cidadão da União Europeia, não é necessário visto. Basta com o seu Cartão do Cidadão / Bilhete de Identidade ou Passaporte. O sistema eléctrico não apresenta diferenças em relação ao resto da Europa.

Vai fazer uma viagem a Madrid?

Opte por um pacote completo ou conheça as suas opções para reservar um hotel.

Comentar