Norwegian Air Shuttle compra 222 novos aviões

Um triplo acordo entre a companhia aérea norueguesa de baixo custo Norwegian Air Shuttle, o consórcio europeu Airbus e a cosntructora norteameircana Boeing, resultou na compra de 222 aviões, um negócio milionário cuja soma ascende aos 16.530 milhões de euros e no maior pedido de aeronaves na história da aviação comercial da Europa.

Esta transacção representa também a maior encomenda feita por uma empresa europeia à Boeing, num total de 122 aviões, entre os quais 100 unidades do novo 737 e 22 do MAX8737 Next Generation. De facto, a Norwegian Air Shuttle será a primeira companhia a utilizar os novos aviões da Boeing.

No que toca à Airbus, o negócio envolve a compra de uma centena de aviões, nomeadamente do A320Neo, e deixa em aberto a possibilidade de aquisição de mais 50 unidades.

Em declarações à impresna, Bjom Kjos, principal executivo da Norwegian, afirmou que ‘Hoje é um dia histórico para a Noruega’, e relembrou que está em causa a renovação da frota da companhia, nomeadamente de todos os aviões com mais de sete anos de serviço.

A empresa transportou 16 milhões de passageiros 2011, assumindo a terceira posição no ranking das maiores companhias aéreas de baixo custo europeias. A Norwegian Air Shuttle opera actualmente 300 rotas na Europa, norte da África e Oriente Médio e conta com uma equipa de 2500 trabalhadores.

Com esta forte aposta na renovação e ampliação da sua frota de aeronaves, abre-se a possibilidade de surgirem novas rotas e, quem sabe, Portugal não venha também a fazer parte dos planos da Norwegian.

Comentar