Viajar para o estrangeiro – conselhos úteis

Se a nossa viagem for preparada através de uma agência de viagens, este tipo de situações estão, ou deveriam estar, perfeitamente controladas. Para além de tratar da nossa reserva de avião e hotel, as agências de viagens costumam alertar os viajantes para os aspectos a ter em conta na hora de partir rumo ao estrangeiro. No entanto, se a viagem for organizada por nós podemos correr o risco de nos esquecermos de alguns pormenores que são muito importantes.

  • Verifique sempre o tipo de documentação que tem levar consigo para entrar num país estrangeiro. Se a sua viagem for feita dentro da União Europeia – UE – não precisará, em princípio, de nenhum documento para além da sua identificação pessoal. O Passaporte ou o Cartão do Cidadão / Bilhete de Identidade deverão ser suficientes para fazer a entrada no país estrangeiro.
    No entanto, se a sua viagem ultrapassar as fronteiras da UE é muito provável que necessite de um visto de entrada no país. Procure na Internet se o país de destino tem embaixada ou consulados em Portugal, estes são os melhores locais para se informar correctamente do tipo de documentação que tem de apresentar às autoridades fronteiriças.
  • Se o seu destino for um país africano, asiático ou sul-americano procure saber junto das autoridades de saúde se é necessária alguma vacinação especial para poder viajar para esses locais. Informe-se ainda se é aconselhável ou não beber água da rede pública ou se existe algum tipo de alimento que não deve consumir. Caso tenha algum problema de saúde é aconselhável fazer-se acompanhar de informação médica que pode ser preciosa no caso de passar por alguma situação complicada.
  • Antes de partir para o estrangeiro deve saber um mínimo acerca do seu país de destino. O idioma oficial e a moeda são dois factores a ter em conta. Procure sempre chegar ao destino com algum dinheiro em moeda local porque nunca se sabe se é fácil ou complicado fazer câmbios no destino ou se existe uma rede que permita a utilização de cartões bancários.
    Sabendo da importância que os telemóveis e outros aparelhos similares têm hoje em dia, é também importante conhecer as características da rede eléctrica do país para onde se dirige e averiguar se pode usar todos os seus equipamento de forma directa ou se tem de usar um adaptador para, por exemplo, recargar o seu telefone ou computador portátil.
  • Caso viaje de avião, comboio ou autocarro, antes da partida estude as opções que tem para fazer o trajecto entre o aeroporto ou a estação de comboios ou autocarros e o seu hotel ou local de destino. Verifique se existem serviços específicos, transportes públicos ou se tem de alugar um táxi. Lembre-se ainda que na hora de reservar a sua viagem tem, muitas vezes, a oportunidade de contratar serviços de transfer. Faça as contas e veja qual é a melhor opção para si. Tenha em consideração o aspecto económico, o factor tempo e as condições de segurança.

Comentar