Viena, Capital da Música e da Arte

Há quem apelide Viena como a capital da música porque alguns dos melhores e mais famosos compositores mostraram as suas partituras ao mundo a partir da capital da Áustria. Mozart, Beethoven, Schubert e Strauss são apenas alguns dos exemplos do que Viena deu ao mundo da arte e Sigmund Freud e Ludwig Wittgenstein apenas dois dos pensadores que ali viveram. Actualmente, o Coro de Rapazes de Viena, a Staatsoper – para muitos o melhor teatro de ópera do mundo – e os seus festivais de música que ocorrem durante todo o ano continuam a atrair milhares de visitantes.

Com uma ampla oferta de alojamento e muitas atracções turísticas para umas férias bem interessantes, Viena merece que passeie pelas suas ruas estreitas e inclinadas e você merece descobrir as jóias arquitectónicas que poderá descobrir a cada esquina desta maravilhosa cidade banhada pelo Danúbio. Desde a magnificência gótica da Catedral de Santo Estêvão e os traços barrocos do Palácio de Schönbrunn até à contemporaneidade exuberante da Loos Haus e a extravagância colorida da Hundertwasserhaus.

Percorra a Graben entre a Catedral de Santo Estêvão e a elegante Kohlmarkt no 1º Distrito ou Innere Stadt. A rua Graben, cuja tradução literal é “valeta” (relembrando o tempo em que uma vala Romana corria ao longo dela) trata-se de uma das artérias mais importantes e chiques de Viena. Inevitável também é a Kärntner Strasse, a principal rua de comércio da cidade.

O MuseumsQuartier, no 7.º Distrito, alberga uma quantidade enorme de museus que lhe darão oportunidade de se deliciar com exposições de arte contemporânea da Kunsthalle, uma colecção com mais de 7000 trabalhos de arte moderna do Museum Moderner Kunst, o Leopold Museum dedicado à Art Noveau e o ZOOM Kindermuseum. Nesta área tem à sua disposição uma imensa oferta de restauração e caso tenha interesse em compras, então este também é o local certo. Se tiver tempo e oportunidade, aproveite ainda para ver um espectáculo de dança no Tanzquartier. Esta também é a zona da onde se realizam vários dos festivais culturais de Viena, entre os quais o seu festival de cinema e o Wiener Festwochen.

O centro histórico da cidade é o 1.º Distrito, uma pequena área onde se localizam algumas das maiores atracções de Viena e onde as maiorias das ruas são reservadas para os peões, o que facilita em muito as suas deslocações a pé. contém muitas das suas maiores atracções numa área pequena, sobretudo reservada a peões, pelo que é fácil deslocar-se a pé. Para deslocações mais longas tem ao seu dispor uma excelente rede de transportes públicos, podendo alternar entre o metro, os autocarros e os eléctricos.

Para entrar na Áustria, na qualidade de cidadão da União Europeia, não é necessário visto. Basta apresentar o seu Cartão do Cidadão / Bilhete de Identidade ou Passaporte. O sistema eléctrico não apresenta diferenças em relação ao resto da Europa ou a Portugal.

Quer conhecer Viena?

Conheça as melhores ofertas para viajar e ficar em Viena. Se preferir, pode reservar hotel em Viena com o nosso sistema de pesquisa.

Comentar